Reajuste concedido pelo prefeito de Recreio é o maior dos últimos quatro anos

A Prefeitura Municipal inicia nesta quarta-feira (29) o cronograma de pagamento dos servidores municipais. Em apenas três meses de administração o prefeito de Recreio, Zé Maria Barros, concedeu 7,64% de reajuste salarial ao funcionalismo. A revisão é a maior dos últimos quatro anos.

dscn3780
Prefeito de Recreio, Zé Maria Barros.

No dia 10 de março, Zé Maria cumpriu a Lei Municipal nº 1.568 de 25 de setembro de 2015, pagando em uma folha extra os 4% e retroagindo-os a janeiro de 2017. A Lei criada durante a gestão do ex-prefeito Ônio Fialho propunha escalonar 20% de revisão salarial em cinco etapas de 4%, porém, os reajustes que seriam dados durante o seu mandato ele vetou, mantendo os dois do governo 2017/2020. Na época a justificativa foi a dificuldade financeira.

Neste mês de março, o atual prefeito sancionou a Lei 1.615/2017 concedendo mais 3,5% ao funcionalismo, independente de cargo, padrão ou regime de trabalho, inclusive inativos, exceto para as gratificações de conselheiros tutelares e aos subsídios do prefeito, vice-prefeito e secretários municipais. O reajuste também não se aplicou aos agentes comunitários de saúde e de combate a endemias, servidores beneficiados pelo reajuste do salário mínimo nacional concedido pelo Governo Federal, ao procurar jurídico e servidores contratados e ocupantes de cargo em comissão.

Em 90 dias de administração Zé Maria conseguiu superar os 5% de reajuste concedido pelo ex-prefeito Ônio Fialho durante todo o seu mandato 2013/2016. Segundo a Secretaria Municipal de Finanças, a porcentagem de 2017 chegou aos 7,64%, pois, os 3,5% são somados aos 4% e ainda há o cálculo da percentualidade sobre a percentualidade.

Cronograma do pagamento da Prefeitura de Recreio

  • 29/03 (quarta-feira) – Obras e Desenvolvimento Social;
  • 30/03 (quinta-feira) – Educação;
  • 31/03 (sexta-feira) – Administração, Saúde e Aposentados.

One thought on “Reajuste concedido pelo prefeito de Recreio é o maior dos últimos quatro anos

Deixe uma resposta para elza vanda Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *