Secretário Rural cumpre acordo e reconstrói ponte quebrada pela patrol

Há pouco mais de um mês a máquina patrol quebrou a ponte de acesso a um sítio na estrada Recreio-Angaturama quando estava a caminho de executar serviços no interior da propriedade. Na última sexta-feira (14), o acordo do secretário de Infraestrutura e Desenvolvimento Rural, Juarez Paiva, de reconstruir a ponte foi cumprido.

Ponte sendo reformada.
Ponte sendo reformada.

O caso foi destacado pelo Site Pólis, em matéria publicada no dia 3 de julho. Na ocasião conversamos com o secretário Juarez Paiva sobre o caso, depois que uma leitora com o nome de Luartes Morais escreveu o seguinte em postagem no Facebook do Pólis : “É uma vergonha! Foi a patrol que quebrou. Quem vai arrumar o proprietário ou a Prefeitura de Recreio? Quando quebramos algo ou pagamos ou arrumamos. Agora ficar sem acesso ao sítio é um absurdo. Segundo a postagem, a ponte é o único caminho para sair do sítio e para levar leite para a cooperativa, sem ela a passagem está sendo feita por dentro do Ribeirão dos Monos. O caso aconteceu há mais de 1 mês.

O secretário Rural explicou que a ponte quebrou quando estava indo realizar serviços dentro no referido sítio. “A máquina chegou a cair dentro do Ribeirão, com risco até de um acidente mais grave. Mesmo depois do contratempo realizamos os serviços no interior da propriedade e ficamos de retornar para recuperar a ponte”, disse Juarez Paiva.

A nova ponte ficou pronta ao final do dia da última sexta-feira, dando segurança e comodidade para o proprietário deslocar-se até a cidade. A equipe da Secretaria Rural usou eucalipto verde com autorização do Conselho Municipal de Meio Ambiente, tábuas de madeira, lona e terra vermelha para cobrir o trecho.

Ponte quebrada pela patrol.
Ponte quebrada pela patrol.
Ponte sendo reformada.
Equipe da Secretaria Rural realizando os serviços.
Nova ponte.
Nova ponte.
Serviços sendo finalizados.
Serviços sendo finalizados.
Carro passando sobre a nova ponte.
Carro passando sobre a nova ponte.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *