Recreio vive expectativa de resgatar ICMS Esportivo

A Secretaria de Estado de Esportes de Minas Gerais divulgou as datas para as cidades participarem do ICMS Solidário – Critério Esportes ano base 2017. O município de Recreio vive a expectativa de resgatar o recurso que foi perdido este ano por falta de funcionamento do Conselho de Esportes, de desenvolvimento e apoio as atividades esportivas e de cadastramento de projetos em 2016.

Prefeito de Recreio e secretário de Esportes.
Prefeito de Recreio e secretário de Esportes.

Segundo divulgação do Estado, todas as informações deverão ser feitas via Sistema de Informação ICMS Esportivo. A declaração de funcionamento do Conselho Municipal de Esportes deverá ser realizada até 31 de janeiro de 2018. Após o Conselho ser declarado ativo pela Secretaria de Estado de Esportes iniciasse a fase cadastramento e comprovação de programas e projetos esportivos que aconteceram no município e em outros locais até 30 de março de 2018.

De acordo com o secretário de Esportes de Recreio, Leandro Ferreira Medeiros “Leo Medeiros”, “o Conselho está em pleno funcionamento, diversas atividades foram desempenhadas em 2017 e todos os documentos necessários para recuperar o recurso estão sendo juntados e serão enviados ao Estado dentro dos prazos previstos”.

O prefeito Zé Maria Barros destacou os trabalhos desempenhados pelo secretário Leo Medeiros em 2017: “não é fácil fazer o que fizemos para o esporte da nossa cidade durante este ano, sem nenhum recurso e com muita expectativa dos esportistas. Ao findar 2017 temos que enfatizar o empenho do nosso secretário”.

A primeira vez que Recreio recebeu o ICMS Esportivo foi em 2015, R$ 4.087,51/ano. No ano seguinte houve um crescimento para R$ 10.968,10/ano, entretanto, em 2017 o recurso foi perdido por falta de falta de funcionamento do Conselho de Esportes, de desenvolvimento e apoio a atividades esportivas e de cadastramento de projetos, durante o ano de 2016.

Os repasses financeiros são feitos no ano seguinte ao ano de análise dos documentos e depositados semanalmente no caixa único da Prefeitura, ou seja, a negligência administrativa de 2016 ainda vai custar mais um ano de ausência de ICMS Esportivo ao município de Recreio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *