Bicas confirma morte por febre amarela

Mais uma cidade da região confirmou uma morte por febre amarela: Bicas. O comunicado foi emitido pela Secretaria Municipal de Saúde na noite de terça-feira (30). O óbito aconteceu há 10 dias.

Bicas: Foto: Reprodução.

Segundo boletim epidemiológico da Secretaria de Estado de Saúde, publicado também na terça-feira, desde julho de 2017 já foram confirmados 81 casos da doença em Minas Gerais, destes 36 evoluíram para óbito e outros 208 continuam em investigação. No informativo epidemiológico não há registro do caso de Bicas.

Agora na região são 4 casos de morte por febre amarela, os outros foram em Mar de Espanha, Goianá e Juiz de Fora. Todos estes municípios ficam localizados a mais de 100 km de Recreio.

Confira o comunicado da Secretaria de Saúde de Bicas

Febre amarela faz a primeira vítima em Bicas

A Secretaria Municipal de Saúde confirmou uma morte por febre amarela em Bicas. O óbito ocorreu há 10 dias.

Verônica Bordonal, secretária de Saúde, convoca toda a população a manter a cidade limpa (livre do mosquito transmissor, Aedes aegypti) e a tomar a vacina contra a doença, comparecendo a uma unidade de saúde munida do cartão de vacina.

Prevenção á a única solução. Uma única dose deixa a pessoa imune pelo resto da vida! 

(http://www.bicas.mg.gov.br/detalhe-da-materia/info/febre-amarela-faz-a-primeira-vitima-em-bicas/6727)

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *