Perfuração de poços artesianos começa em Recreio

Desde 2014, o fornecimento de água em Recreio passa por racionamento nos períodos de estiagem. Ano passado a situação ficou tão grave que o prefeito José Maria Barros chegou a decretar estado de calamidade hídrica. Com objetivo de enfrentar os períodos de crise o chefe do executivo conseguiu com o Governo de Minas – Secretaria das Cidades –, por intermédio do deputado Estadual, Isauro Calais, a perfuração de poços artesianos. O serviço começou nesta segunda-feira (30).

Perfuração de poço no pátio do Paço Municipal.

O primeiro local de perfuração é no pátio do Paço Municipal. A previsão da equipe da COPASA, responsável pela atividade, é concluir o primeiro poço até o final de semana. Em seguida será realizada a perfuração de outro no pátio do SAAE, na Rua Leopoldina. Os locais foram definidos por meio de análises do geólogo da COPASA, Marcelo Augusto Martins.

De acordo com o diretor do SAAE, José Augusto de Souza Filho “Dutinha”, os poços serão utilizados, apenas, em épocas de diminuição da vazão na Estação de Tratamento, que normalmente trabalha com 27 litros/segundo.

Os poços artesianos eram uma reivindicação da população recreiense há mais de três anos.

Equipe da COPASA na perfuração.
Poço artesiano sendo perfurado em Recreio.
Perfuração no pátio do Paço Municipal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *